Somos o que Queremos Ser

A verologia, através de sua metodologia, desenvolve em seus praticantes as prerrogativas para serem o que devem ser.

Tudo o que somos é resultado do que pensamos e sentimos sobre nós mesmos.

Aquele que confia em si mesmo leva a vida de maneira mais leve, pois a pratica dos ensinamentos de Jesus Cristo, do nosso mestre Cristófilo Nageo e de todos os grandes mestres de sabedoria suprema nos impulsiona a desafios com segurança, fazendo-nos acreditar em nossas habilidades de superá-los.

Quando não nos sentimos confiantes, vivemos assombrados pelo medo, e o modo é uma debilidade que aprendemos a eliminar de nossa vida, seguindo as orientações verológicas. Quem o tem, parece que age, sempre, esperando que algo de errado aconteça, ao contrário do verólogo que está, constantemente, com pensamentos positivos em relação a tudo que realiza e que ocorre em sua vida.

Com uma visão positiva e a auto-estima elevada, ficamos preparados para correr riscos e fazer novas escolhas, inclusive a de se dedicar ao estudo que nos conduz á evolução mental e psicológica, de forma ativa e consciente. Esse estudo é apresentado através de um método “sui generis”, simples, eficaz e que está ao alcance de todos os seres humanos. Essa convicção se da na medida exata da dedicação de cada um de nos.

Se tiver insatisfeito com seus pensamentos, sentimentos e ações, a Ação Cristã Evolucionista e Consciente proporcionam a seus praticantes, de forma gradativa, as transformações que irão proporcionar mudanças positivas e determinantes em sua configuração psicológica.

É importante lembrar que as coisas começam e terminam em nós: ao nos dispormos em investir mais em nós mesmos, através desse estudo, a vontade de vencer aumenta e, de fato, tudo começa a fluir serenamente. Cuide-se, valorize-se e, acima de tudo, acredite firmemente em você, ai você será o que sonhar ser.

O mestre Cristófilo Nageo nos ensina: “O ser humano pode ser o quer deve ser”.

Com ternura e respeito por nós mesmos, vivemos a verdade, a realidade, a alegria, a satisfação, a vontade e a coragem. Deixa os, simplesmente, de ser o que somos para nos transformar naquilo que queremos ser verdadeiramente. Concluímos, então, que o amor tem a capacidade de transformar, redimir e sublimar o ser humano.

 

Extraído de:

Jornal Verologia

Edição XXXIII Nº 417 e 418
Artigo referente a Setembro e Outubro de 2007

 

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

Sede Fortes

Ler mais...

O Ciúme, a Suscetibilidade e a Sensibilidade

Ler mais...

Perdão, a Mais Profunda Lição de Jesus!

Ler mais...

Seja o que Você Pode e Deve Ser

Ler mais...

Exaltar-se ou Humilhar-se

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo