Somos o Sal da Terra




O sal é uma substancia de valor primordial na nossa alimentação.

Lembramos que o sal tem que ser usado com moderação, pois em porção exagerada deixa o alimento salgado e é impossível ingeri-lo, mas a falta dele torna-o insosso. Concluímos, então, que é imprescindível haver um meio termo, uma dose adequada de sal, que os especialista sabem muito bem aplicar, tornando o alimento agradável aos olhos e, ao mesmo tempo, apetitoso. Podemos comparar com o que acontece, também, na vida material, pois temos que dosar, usando o bom senso e o equilíbrio em tudo o que realizamos; muitos mais ainda na nossa vida espiritual que é o nosso alicerce.

A vida espiritual, desde que seja bem orientada, é de vital importância porque torna-se responsável por todo acerto, que se torna crescente nas nossas duas vidas: tanto física quanto espiritual. Ela necessita, igualmente, de alimentação que deve ser dosada e equilibrada.

Por isso é necessário fazer a melhor escolha do nosso direcionamento espiritual. Essa opção, se acertada, faz toda a diferença no âmago do nosso ser, tendo como resultado uma grande e amena paz e harmonia em tudo que nos propomos realizar. O nosso caminhar se fará e retidão, ainda que em doses homeopáticas, mas seguras.

O mestre Jesus Cristo nos diz: “Vós sois o sal da terra. Se o sal se tiver tornado insípido, como se poderá restaurar-lhe o sabor? Para nada mais presta, senão para ser lançado fora e pisado pelos homens”.

Você já imaginou sentir-se dono de si mesmo, arcando com a resolução de seus próprios problemas ou dificuldades, por mais difíceis que sejam?

É o que acontece com todo verólogo que sabe fazer jus a este nome, ou seja, que estuda e compreende os ensinamentos redentores, colocando em pratica o que aprendeu para realizar a sua transformação. Significa que conseguiu assimilar o alimento espiritual, transformando o que é insípido em saboroso, tonando-se portador, por merecimento, desse divino sal. É o sal espiritual que, quando bem dosado ou bem distribuído, nos torna todos os males e inferioridades, por mais perniciosos que sejam. Não tenha dúvida, seguindo as orientações verológicas, pode-se construir uma fortaleza interior que nada nem ninguém poderá destruir.

Promessas vãs que afirmam resolver todos os problemas são pura ilusão. A Verologia nos ensina que Daca um de nós e uma unidade em evolução, portanto temos que aprender a nos defender, criando dentro de nós um território imbatível e incorruptível. Assim, ficamos vigilantes e conseguimos reconhecer quando o mal se apresenta em pele de cordeiro, percebemos os lobos vorazes que irão nos prejudicar se não reagirmos contra eles, além de nos levar a perder o precioso tempo da nossa evolução.

Venha conhecer a Verologia e constante, através dos seus próprios resultados, a transformação dos alimentos espirituais: de insípidos ou salgados em alimentos saborosos e nutritivos. Os verdadeiros verólogos formam um conjunto de seres que podemos chamar de sal da terra.

 


Extraído de:

Jornal Verologia

Edição XXXIV Nº 425 e 426
Artigo referente a Maio e Junho de 2008

 

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

Luz e Trevas

Ler mais...

Perdão, a mais Profunda Lição de Jesus!

Ler mais...

Acertos e Desacertos da Vida

Ler mais...

Ser e Não Ser Não pode Ser

Ler mais...

A Luz do Mundo

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo