O Milagre do Amor




Jesus trouxe ao mundo um novo conhecimento, com sua doutrina, cuja essência é o amor e o perdão. Somente através do estudo, da compreensão e da pratica de seus ensinamentos e mandamentos é que podemos viver em perfeita união com o pai eterno, com o mestre Jesus e com os nossos semelhantes.



Jesus nos diz: O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei”. Se a humanidade realizasse este grande mandamento, o mundo iria ser melhor, não haveria tantas guerras, tanta violência, tanta injustiça, tanto desequilíbrio e tanto desamor entre os homens.

A Verologia, através de seu método, nos ensina como amar o amor de Jesus, incondicional e divino. Aprendemos a estudar seus ensinamentos e mandamentos, compreendendo-os profundamente para realizá-los com exatidão. Sem essa trilogia – estudo, compreensão e prática- não somos capazes de amar ao próximo como Jesus nos amou.

É no convívio de uma verdadeira fraternidade que aprendemos a praticar o amor fraterno. Quando esse amor se torna imenso e profundo, passamos a vivenciar o amor divino que é o amor de Deus.

O amor divino é a essência da vida e, através dele, é possível compreender, tolerar, respeitar, confiar, transformar o homem para que ele vivesse na paz, na luz e no amor. Daí a necessidade de realizarmos os seus ensinamentos e mandamentos.

Todos os dias, podemos dar ao nosso próximo pequenas fagulhas de amor, como: um olhar, um sorriso, um abraço, um carinho, uma palavra, um incentivo, uma esperança, uma oração. Ao longo do nosso processo evolutivo, podemos transformar essas pequenas fagulhas em imensos focos de amor, a fim de vivenciarmos, diariamente, o amor de Deus.

Entretanto, ninguém é capaz de viver esse amor sem as devidas transformações mentais, morais e espirituais e, para alcançarmos elevados graus de espiritualidade, é necessário um intenso e profundo trabalho de lapidação de nosso interior. Só assim, podemos amar uns aos outros com esse amor, não pelo que somos, mas pela essência divina com que Deus nos agraciou, que é o espírito.

O natal é a época em que mais aflora o amor entre seres humanos, por isso devemos aproveitar ao Maximo esse tempo de confraternização universal para realizarmos os pequenos milagres de amor que transformam a nossa vida e a de nossos semelhantes.

O amor nos faz pessoas diferentes, porque passamos a ver a vida com outros olhos; enfrentamos as nossas experiências ou dificuldades com mais sensatez e equilíbrio; enxergamos no outro mais virtudes que defeitos; passamos a ter fé consciente e esperança em dias melhores; vivemos com alegria, paz e felicidade.

Diariamente, temos a oportunidade de praticar esse amor de Deus e de fazer pequenos milagres, pois o amor constrói, eleva e sublima nosso espírito. E você, prezado (a) leitor (a), já fez o seu milagre de amor, hoje?

 


Extraído de:

Jornal Verologia

Edição XXXIV Nº 431 e 432
Artigo referente a Novembro e Dezembro de 2008
 

 

 

 

 

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

Luz e Trevas

Ler mais...

O Ciúme, a Suscetibilidade e a Sensibilidade

Ler mais...

Conserva a Tua Alma

Ler mais...

Resignação Consciente

Ler mais...

O Inferno e o Paraíso Psicológico

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo