Nossos Talentos

Através da Parábola dos Talentos, Jesus nos revela que confiou a sua Doutrina, os seus Mandamentos e os seus Ensinamentos aos seus discípulos de todos os tempos, para que todos propagassem as suas obras, de acordo com o grau de Aprimoramento Espiritual de cada um.

Isso significa estudar, compreender e realizar os seus Ensinamentos e, quanto mais dedicado e realizador for o discípulo, maior será a propagação da Obra que Ele nos confiou.

Jesus nos confiou os seus tesouros espirituais, cabe a cada um de nós desenvolvermos e aprimorarmos esses tesouros a fim de divulgá-los e transmiti-los aos nossos semelhantes, que ainda não tiveram a oportunidade de conhecê-los. A transmissão desses tesouros espirituais é feita através de nossos pensamentos, palavras e exemplos de vida.

Através da Verologia, do Método Verológico e da convivência numa Verdadeira Fraternidade, adquirimos todos os Conhecimentos necessários à nossa transformação, a fim de alcançarmos elevados graus de Espiritualidade. Essa transformação consiste em substituir pensamentos inferiores por superiores, debilidades por virtudes, comodismo por realizações. Sem um intenso e profundo trabalho de transformação mental, moral e espiritual, não somos capazes de multiplicar Nossos Talentos, isto é, de aprimorar nossas prerrogativas espirituais mais profundas e transcendentes, para sermos melhores e vivermos em paz.

Quanto maior for nosso trabalho, empenho e dedicação em nos transformar, maiores serão os Nossos Talentos, nossas virtudes e a nossa sabedoria que devem ser utilizados em nosso beneficio e de nossos semelhantes.

De nada adianta adquirir elevados Conhecimentos Espirituais, se não forem usados em benefício próprio e compartilhados com nosso próximo, através da doação de Nossos Talentos, como: Amor, Compreensão, Tolerância, Misericórdia, Perdão e Altruísmo.

Jesus Cristo nos ensina: “Porque a todo que tem se lhe dará, e terá em abundância; mas ao que não tem, até o que tem lhe será tirado.”

Se nos dedicamos, profundamente, ao nosso Aprimoramento Espiritual, conseguimos multiplicar Nossos Talentos, nossas virtudes, mas quem enterra seus Talentos acaba preso às suas debilidades, sufocando a sua vida espiritual, pois se dedica, exclusivamente, à vida material. Por fidelidade, amor e gratidão, devemos externar os Nossos Talentos através de pensamentos sublimes, palavras sábias e exemplos edificantes.

Você precisa descobrir: – Qual é o seu maior talento?

 

Extraído de:

Jornal Verologia

Edição XXXVI Nº 453 e 454
Artigo referente a Setembro e Outubro de 2010

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

Resignação Consciente

Ler mais...

Podemos ou Não Ver a Deus?

Ler mais...

Perdão, a Mais Profunda Lição de Jesus!

Ler mais...

Sede Fortes

Ler mais...

Amor Divino

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo