Fome e Sede Espiritual

Caríssimo (as) leitores (as) do jornal Verologia, para entendermos o que o divino Psicólogo, Jesus Cristo, quis dizer nos ensinamentos a seguir, é necessário tirar o véu do simbolismo que encobre a verdade essencial: “Eu sou o pão da vida, o que vem a mim jamais terá fome e o crêem mim jamais terá sede.” (Jesus Cristo – João c. 6 v. 35)



Nós sabemos que a palavra eu se refere a Jesus Cristo, mas como ir a Jesus se ele já morreu há mais de dois mil anos? Verologicamente, sabemos que ir ao mestre Jesus significa estudar e compreender seus ensinamentos, embora na sua maioria, pareçam indecifráveis.

Para que a criatura humana possa entendê-los, o supremo poder, que é Deus, manda á terra, de tempos, mestres de sabedoria suprema para fundar escolas iniciáticas, como o mestre Cristófilo Nageo, que fundou a ação evolucionista, com um método de evolução ativa e consciente, possível de ser realizado por pessoas de qualquer grau de instrução, credo, religião, partindo político e correntes de ideais. Realizando esse método, o ser humano desenvolve seu sistema psicológico com seus sete órgãos, cada órgão com as suas faculdades com suas faculdades e cada faculdade com suas inúmeras manifestações espirituais.

As principais manifestações, que dão condições ao estudante de Verologia, após desenvolvê-las, de compreender, com profundidade e com exatidão, os ensinamentos do divino mestre Jesus Cristo, são: discernimento, análise e interpretação, percepção, reflexão, sensibilidade, penetração psicológica, sendo agraciado, ainda, com inspiração e intuição. Essas manifestações psicológicas permitem, com certeza, que ele penetre na verdade oculta nesses ensinamentos.

Somente que segue o método de evolução ativa e consciente pode sentir o significado da palavra pão, mas tentarei explicá-la, da melhor forma possível, para os leitores deste jornal. Verologicamente, pão é a verdade essencial, a substancia divina que dá vida, movimento e perfeição a tudo no mundo cósmico e no mundo terreno. Quem se identifica com essa essência divina, contida em todos os ensinamentos renovadores, se liberta da fome espiritual ou psicológica, deixa de sentir angustia, ansiedade, solidão, aquele vazio que nada preenche, isto é, liberta-se de seus desacertos e de seus sofrimentos morais e físicos. Esse é o estado psicológico ao qual o divino mestre se refere e que se modificara em quem estudar compreender e realizar seus ensinamentos.

O mestre Jesus completa dizendo; “... quem crê em mim jamais terá sede”. Entende-se que quem procura se livrar de todas as suas debilidades reconhece que o divino mestre é um psicólogo verdadeiro, porque ensina a cada ser humano como ser o seu próprio psicólogo, reconhecendo e identificando a causa de seus erros, que são os pensamentos inferiores e que esse estudo precisa ser realizado diariamente e para sempre. Portanto, não terá mais cede espiritual, jamais voltará aquele estado psicológico ou espiritual inferior, quando seu espírito estava total ou parcialmente abandonado.

O divino mestre mandava seus apóstolos cobrirem seus ensinamentos com o véu do milagre, do mistério e do simbolismo, para que somente os bem intencionados e esforçados, através do estudo, pesquisa, investigação e anelo, numa verdadeira fraternidade, pudessem ter acesso a esta sabedoria suprema. Para isso, precisam estar preparados porque deus é a suprema perfeição e, para chegarmos perto dele, precisamos nos torna cada vez menos imperfeitos.

Com esse fim, surgem as escolas iniciáticas, como disse antes, para que todos os que tem fome e sede de conhecimento espirituais possam realizar este processo de transformação e metamorfose psicológica, sabendo e sentindo o que se sabe e sente ao atingir o apogeu da vida espiritual, libertando-se dos sofrimentos ou reduzindo-os ao mínimo.

A Verologia está de braços abertos para todos os seres humanos bem intencionados, basta que procurem a nossa secretaria pelos telefones mencionados neste jornal. Se quiser alcançar essa felicidade que o mundo comum diz que não existe, mas que contatamos através de realização do nosso processo de transformação interior, que nada nem ninguém pode destruir, então procurei ingressar na ação crista evolucionista para reconhecer sua ciência, Verologia, e realizar o processo de evolução ativa e consciente, aqui ministrado.

 

 

Extraído de:

Jornal Verologia

Edição XXXV Nº 443 e 444
Artigo referente a Novembro e Dezembro de 2009

 

 

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

O Maior dos Mistérios

Ler mais...

Resignação Consciente

Ler mais...

Desvende o Mistério de Si Mesmo

Ler mais...

O Ciúme, a Suscetibilidade e a Sensibilidade

Ler mais...

Fome e Sede Espiritual

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo